7 pontos para garantir a fabricação de fornos industriais de qualidade!

A garantia de qualidade na fabricação de fornos industriais influencia diversos aspectos da indústria, como a redução de custos, credibilidade da marca no mercado e produtividade nos processos internos. 

Por isso, abordamos a seguir 7 dos principais pontos para garantir a qualidade na fabricação deste tipo de produto e o que a sua indústria pode fazer em relação a isso. 

Continue a leitura e confira!

1 Padronize os processos de fabricação dos fornos industriais

A padronização das atividades é fundamental para a fabricação de fornos industriais. Com a padronização de processos a indústria consegue tornar a gestão da produção muito mais eficiente, além de contribuir para o aumento de produtividade e redução de custos operacionais. 

Isso porque a padronização ajuda a evitar falhas no processo produtivo, já que as atividades se tornam mais claras e objetivas para os colaboradores. 

Ao ter todos os detalhes registrados e sistematizados, fica mais fácil para o funcionário envolvido na produção executar suas tarefas de maneira mais eficiente e não produzir nada diferente do planejado no desenvolvimento do produto. 

Também é importante destacar que a padronização de processos aumenta a segurança no trabalho dentro da indústria. 

Uma boa maneira de garantir isso é definindo os Procedimentos Operacionais Padrão (POP). Trata-se do registro detalhado de cada atividade que é realizada na indústria, mostrando como cada tarefa é feita, quais são os equipamentos utilizados, procedimentos técnicos e pessoas envolvidas. 

Como afirma o site A voz da indústria, “a padronização é a base para estruturar uma política de qualidade. É a capacidade de fazer sempre o melhor produto final, sem desperdício de tempo ou de recursos.”

Ou seja, com um melhor desempenho na fabricação dos fornos industriais, a satisfação dos seus clientes é diretamente impactada. 

2 Capacite suas equipes

A capacitação das equipes envolvidas direta ou indiretamente no desenvolvimento dos fornos industriais também influencia na qualidade final. 

Com mais conhecimento técnico e metodologias mais eficientes, seu produto ganha diferenciais competitivos para se destacar no mercado. 

Além disso, treinamentos contribuem para a prevenção de acidentes de trabalho e evitam erros de fabricação. Assim, o valor investido na capacitação dos colaboradores retorna na forma de redução de custos relacionados a falhas. 

Estar atento às mudanças e tendências do mercado e instruir suas equipes de desenvolvimento e produção faz com que sua indústria esteja um passo à frente da concorrência. 

Outra vantagem da capacitação é manter seus colaboradores motivados e incentivar a melhoria contínua. Desta forma, você terá pessoas realmente engajadas em garantir a qualidade dos produtos fabricados na empresa. 

3 Tenha equipamentos eficientes

Por mais que a indústria tenha procedimentos eficazes e equipes técnicas altamente qualificadas, se os equipamentos utilizados não contribuem para a eficiência da produção, o produto não atinge o seu potencial máximo em qualidade. 

Os equipamentos e ferramentas utilizados no dia a dia devem estar totalmente alinhados com as necessidades da empresa e proporcionar mais produtividade aos colaboradores. 

Se você percebe que mesmo com os processos ocorrendo da melhor maneira possível a produtividade e a qualidade ainda não estão no nível ideal, comece a avaliar a eficiência dos equipamentos. 

É interessante coletar feedbacks dos colaboradores que operam as máquinas diariamente para entender se o equipamento realmente contribui para a fabricação ou se, na verdade, torna os processos ainda mais complicados. 

4 Utilize matéria-prima de qualidade

Outro fator que influencia na qualidade dos fornos industriais é a matéria-prima utilizada. Contar com os melhores materiais pode ser um aspecto explorado para se diferenciar no mercado e comprovar a qualidade do produto que sua indústria vende. 

A qualidade da matéria-prima é o que garante a durabilidade do produto, podendo aumentar ou reduzir sua vida útil. Além disso, o preço final do forno industrial também pode variar conforme a qualidade dos materiais utilizados na produção.

Portanto, verifique a procedência das matérias-primas utilizadas em sua indústria e se é necessário investir em materiais diferentes. 

Lembre-se que muitas vezes o custo de um material pode parecer alto em um primeiro momento, mas o retorno à longo prazo traz inúmeras vantagens que influenciam na rentabilidade da empresa, como a redução de trocas do produto e o aumento de credibilidade da marca. 

5 Invista em novas tecnologias 

Como já citamos anteriormente, é importante estar atento às tendências do mercado industrial, bem como às mudanças no comportamento do consumidor. 

Assim, é possível entender quais são as preferências de consumo, e como sua indústria pode se alinhar a isso. 

Investir em novas tecnologias pode proporcionar mais qualidade aos seus produtos e ainda aumentar a produtividade da fábrica, contribuindo para a expansão da empresa. 

Nesse sentido, um conceito amplamente utilizado neste mercado é o da indústria 4.0, que busca a aplicação de novas tecnologias nos principais processos industriais. O objetivo dessas inovações tecnológicas é facilitar as atividades de fabricação e gerar mais lucro para as empresas. 

Mas com isso, a qualidade também é beneficiada, já que a indústria consegue criar um sistema de produção mais inteligente, com maior capacidade e com um controle de processos mais efetivo.

Desta forma, é essencial entender como a indústria 4.0 pode afetar a sua empresa, e quais são as ferramentas, processos e conceitos que podem ser adotados na fabricação dos seus fornos industriais. 

6 Desenvolva uma rotina de manutenção dos seus equipamentos

As medidas preventivas tomadas na rotina da indústria fazem uma grande diferença para todo o processo de fabricação. Simples falhas em equipamentos podem parar toda a linha de produção e atrasar as entregas, gerando ainda mais problemas para a empresa. 

Por isso, é preciso realizar manutenções e inspeções regulares nos equipamentos, para que seja possível se antecipar às falhas e já focar no desenvolvimento de uma solução. 

A manutenção preventiva também reduz o risco de acidentes de trabalho, garantindo a segurança dos trabalhadores. 

Outro ponto que mostra a importância de criar uma rotina de manutenção é que assim os produtos têm menos chances de sair da fábrica com falhas geradas pelos equipamentos. 

Por fim, um equipamento revisado constantemente está sempre operando com todo o seu potencial, mantendo a produtividade esperada. 

7 Conte com fornecedores certificados

Outro ponto essencial para a garantia de qualidade nos fornos industriais produzidos é contar com fornecedores qualificados e certificados conforme as normas do mercado. 

Você já viu que os materiais utilizados na fabricação influenciam diretamente na qualidade do produto. Portanto, é necessário que seus fornecedores atendam aos requisitos mínimos para contribuir com isso. 

Um bom exemplo é o vidro utilizado no forno industrial, que deve ser certificado conforme a ABNT NBR 14698:2001, norma que define os requisitos para segurança, durabilidade e qualidade do vidro temperado plano em suas diversas aplicações, como na linha branca. 

Utilizar materiais certificados em sua produção é uma ótima maneira de garantir sua credibilidade no mercado, conquistar novos clientes e manter um padrão de qualidade em seus produtos. 

Nesse sentido, a Rohden Vidros conta com o Certificado de Conformidade do Inmetro e do Instituto Falcão Bauer da Qualidade pela NBR 14698 de vidros temperados, visando sempre proporcionar mais qualidade aos clientes. 

Para conhecer nossas soluções para a linha branca e entender mais sobre a Rohden Vidros, clique abaixo e faça o download do nosso catálogo!